Quanto custa ter reconhecimento facial?

quanto-custa-reconhecimento-facial?

Se você está desbloqueando seu smartphone apenas olhando para ele, então entende a funcionalidade que essa tecnologia pode trazer. O controle de acesso a ambientes é só uma das muitas facilidades que o Reconhecimento Facial traz para o seu negócio. 

 

A tecnologia funciona através da Biometria Facial. Os detalhes do rosto de cada indivíduo são vetorizados e analisados a partir de algoritmos que identificam a biometria facial de cada indivíduo. Através destes algoritmos, uma base biométrica facial única é criada para cada indivíduo, permitindo que a partir de uma nova imagem possa ser feita uma comparação com a base e definido o reconhecimento facial da pessoa com altíssimo grau de precisão.

 

O processo do sistema de reconhecimento ocorre nas seguintes etapas:

 

  1. Detecção de rosto: primeiro, o sistema deve identificar a parte da imagem ou o vídeo que representa a face da pessoa.
  2. Pré-processamento: os algoritmos específicos vetorizam pontos estratégicos da imagem, gerando um mapa vetorial único de cada indivíduo com um conjunto de mais de 1000 pontos de identificação.
  3. Extração de recursos: o sistema extrai dados das imagens faciais, identificando os bits de dados mais relevantes e ignorando todo o “ruído”.

 

O reconhecimento facial como segurança e acessibilidade

 

Uma empresa de tecnologia fornece reconhecimento facial para um banco. Para abrir contas na instituição, os clientes têm de mandar selfies no cadastro. A imagem é cruzada com uma base de dados para assegurar a autenticidade da identidade. 

 

Se ela detecta uma compra com seu cartão fora do seu padrão, em vez de te ligar, ela manda uma notificação para o seu celular com a seguinte mensagem: “Se é você mesmo que está fazendo isso, autentique com uma selfie”. 

 

Um processo semelhante ocorre em hotéis e pousadas. Por meio de uma foto tirada do próprio celular, sem a necessidade de instalação de nenhum aplicativo, o hóspede pode fazer check-in antecipado e até pagar a hospedagem.

 

Quanto custa Reconhecimento Facial?

 

O mercado de hotelaria é um dos principais utilizadores das tecnologias de Reconhecimento Facial atualmente. Isso pelo fato de a implantação ser simples e segura. 

 

“Ocorre uma integração com o PMS (Sistema de Gestão do Hotel) para vincular os dados de reserva e disponibilizar o preenchimento do FRNH (Ficha Nacional de Registro de Hóspedes). O hóspede, também sem precisar instalar nada, acessa o portal através do link enviado por e-mail ou SMS, e preenche as informações. Os dados são automaticamente integrados ao PMS e ficam à disposição do hotel.”, conta Lúcio Figueiredo Matias, Gerente de Projetos da Zoox.

 

Eduardo Daltro, da Zoox, explica que “A instalação dessa tecnologia é muito acessível, em especial se ponderarmos a redução de custo de operação e experiência do hóspede que ele possibilita. Temos o custo de licença por unidade/estabelecimento que é calculado pela quantidade de UHs (Unidade Habitacional/Quarto). Inicia em 99,00/mês mais uma variável por check-in processado.”

 

Os números podem variar de acordo com o contexto do hotel e a quantidade de hóspedes que fazem check-in. Para integrar o Reconhecimento Facial no seu hotel, conheça a Zoox.

 

Seu e-mail não será publicado.

*
*