skip to Main Content
Como O Big Data Vai Mudar Nossas Vidas

Como o Big Data vai mudar nossas vidas

Como o Big Data vai mudar nossas vidas

Em 1992 eram gerados cerca de 100 GB de dados por dia e já se falava sobre “A Era da Informação”, em 2018 são gerados 50.000 GB por segundo. Mas, qual impacto essa enorme quantidade e variedade de dados vai causar em nossas vidas? Como o Big Data vai mudar nossas vidas?

Realmente vivemos na era da informação e cada dado coletado é mais um ativo para as empresas que os utilizam de forma estratégica para a tomada de decisão, desenvolvimento de novos produtos e melhoria dos processos.

Quanto mais essa realidade se tornar presente, mais ela vai afetar a sociedade.

Veja alguns exemplos de como o Big Data está afetando nossas vidas:

Locomoção

Lembra quando era preciso comprar um mapa para fazer uma viagem? Depois de anos mapeando ruas, estradas e formações geográficas, já é possível utilizar o GPS no celular para ir desde a padaria da esquina até para o outro lado do mundo.

Com ainda mais dados sendo coletados, o Big Data está transformando a forma de se locomover.

A cada dia que passa, aplicativos como Google Maps se tornam cada vez mais detalhados, com informações sobre transporte público, tempo de viagem, curiosidades, os melhores caminhos a seguir e os negócios que você pode encontrar nas redondezas.

O futuro? Segundo a TechRadar, nos próximos anos vão existir mapas que se atualizam em tempo real, utilizando sensores para coletar dados como o movimento de pedestres, ocorrências no trânsito, surtos de doenças e outras informações estratégicas para o público e empresas.

Inteligência de mercado

O comércio sempre usou informações para melhorar a experiência do cliente e o número de vendas.

Mercados são um ótimo exemplo disso, com diversas pesquisas que pensam a melhor trilha sonora, aromaterapia e arrumação no ponto de vendas para otimizar o processo de compras.

Hoje a internet é o grande mercado do mundo e o e-commerce está na ponta tecnológica da coleta e mensuração de dados. Desde a pesquisa em um buscador, até as propagandas que você clica e o momento em que você efetua a compra, tudo é registrado e analisado.

A capacidade de coletar dados e montar um perfil cada vez mais assertivo do consumidor vai criar novas experiências de consumo.

Um exemplo é a Nordstrom Local, uma loja com um bar sem nenhum inventário, os clientes só usam o espaço para buscar ou experimentar as roupas que são compradas online.

Automóveis

A partir de dados e sensores, uma transformação total no mundo dos veículos vai ocorrer, nunca mais vamos olhar para um carro ou para uma moto da mesma forma.

Os gigantes Google, Tesla e Uber já estão desenvolvendo carros autônomos, e essa realidade deve tomar as ruas daqui a alguns anos, mas as inovações não param por aí.

Um exemplo é a UPS que conseguiu identificar o calor e a vibração de algumas peças de seus veículos em tempo real, conseguindo realizar a manutenção deles antes das peças apresentarem qualquer defeito.

A tecnologia vai mudar a forma de pensar grandes frotas, seguros e estradas, a tendência é que cada vez mais as empresas utilizem dados e sensores para criar novas soluções e mudar completamente o segmento automotivo.

Saúde

As novas tecnologias também vão nos ajudar a viver uma vida mais saudável. Pesquisadores do Canadá conseguiram utilizar dados para identificar infecções em bebês prematuros, fazendo com que médicos salvassem mais vidas, e entendessem melhor como prevenir casos no futuro.

O Google foi responsável por um grande alvoroço na área da saúde, quando em 2009 publicou um artigo na Nature demonstrando como é possível usar os dados do buscador para prever um surto de gripe de acordo com o volume de buscas dos usuários que vão à ferramenta procurar pelos sintomas relacionados.

A tendência é que os dados impulsionem cada vez mais a área da saúde, Medicina e também os serviços oferecidos pelo governo. Com mais informações, doenças serão diagnosticadas e remediadas com maior eficiência.

Urbanismo

No blog da Zoox já divulgamos um artigo sobre as Smart Cities, cidades inteligentes que estão usando o Big Data e outras tecnologias para criar soluções que estão melhorando a qualidade de vida urbana ao redor do mundo.

Um ótimo exemplo é Nova York, que criou um banco de dados com 900.000 prédios e informações sobre pagamento de tributos, problemas nos serviços públicos, pagamentos vencidos, visitas de ambulância, reclamações à prefeitura e crimes ocorridos na área.

Sensores que calculam e poupam água, museus construídos a partir de algoritmos, eventos que controlam a frequência do público a partir de dados, aplicações de Big Data que estão mudando o urbanismo ao redor do mundo.

Viva o futuro

Na Zoox trabalhamos com as soluções que estão mudando o mundo como você o conhece hoje, pois vivemos um momento da história chamado por muitos como “a revolução dos dados”.

Empresas, instituições e governos estão usando o Big Data, Inteligência Artificial, Sensores e outras tecnologias para mudar todas as áreas da vida humana. Você faz parte disso, e as empresas também.

Em nosso Blog continuamos observando como a revolução tecnológica na qual estamos vivendo afeta o nosso cotidiano, e demonstrando como as soluções que disponibilizamos são o futuro dos negócios.

Caso queira entender melhor como sua empresa pode participar desse momento de grande ebulição e também impactar a vida de seus clientes, entre em contato com um dos nossos especialistas:

Fale com um de nossos especialistas

Para ver mais conteúdo de qualidade, nos siga nas redes sociais Facebook, Linkedin e Instagram.